sábado, 4 de junho de 2011

Piada Sem Graça



Muito se tem falado em Bullying, em atos de violência física ou psicológica, intencionais e repetidos, praticados por um indivíduo ou grupo de indivíduos com o objetivo de intimidar ou agredir outro indivíduo (ou grupo de indivíduos) incapaz(es) de se defender. Mas quero chamar a atenção para um tipo especial, muito comum em nosso meio. As pessoas têm sido constantemente agredidas psicologicamente com piadas que não têm nada de engraçado e que muitos acham normais e se divertem com isso. Os humoristas, as próprias pessoas de nosso convívio, vizinhos, colegas, entre outros, costumam fazer graça com os nossos aspectos físicos, econômicos ou com as preferências de cada um. Os gordos, os magros, os negros, os anões, os deficientes, os religiosos, os gays, etc., sofrem muito, porque são agredidos com palavras sistematicamente. Precisamos desafiar este tipo de comportamento. Não podemos manter este hábito. Não é brincadeira. Não é engraçado. As vítimas que sofrem bullying podem contrair sentimentos negativos e baixa autoestima. Tendem a adquirir sérios problemas de relacionamento, podendo, inclusive, contrair comportamento agressivo. Em casos extremos, a vítima poderá tentar ou cometer suicídio.

Nenhum comentário: