Pesquisa QC

Pesquisa personalizada

domingo, 29 de maio de 2011

Fungo encontrado no amendoim




Apesar dos benefícios do amendoim e de seus subprodutos, precisamos ter em mente que, mesmo industrializados, podem conter fungo. A aflatoxina produzida por este fungo é um dos principais tipos de micotoxina existentes e seus efeitos em seres humanos e animais são incessantemente pesquisados em todo o mundo. Entre os principais efeitos à saúde humana causados pela aflatoxina estão: a hepatite do tipo B, sérios danos ao sistema nervoso e o câncer primário do fígado. A Organização Mundial de Saúde já concluiu que a aflatoxina pode desenvolver câncer primário no fígado do homem, porém isto não significa que, ingerindo aflatoxina, a pessoa fatalmente contrairá câncer, mas sim, que existe um risco maior. Os efeitos que a aflatoxina pode causar dependem da dose e da freqüência com que é ingerida, ou seja, são cumulativos. As micotoxinas são elementos tóxicos, originárias de fungos, que sob certas condições de umidade, oxigênio e temperatura, se desenvolvem em produtos agrícolas e alimentos. Elas são estáveis e termo-resistentes e, portanto, muito difíceis de serem eliminadas através de controles de temperatura e químicos. Um grão pode contaminar todo um lote de produção. No caso específico do amendoim, a contaminação pode ocorrer em qualquer uma das diversas etapas do processo produtivo, tanto pela utilização de matéria-prima inadequada, quanto por questões que envolvem a manipulação, armazenamento e transporte do produto, seja por parte do fabricante, ou do estabelecimento que o comercializa. Quarenta por cento das amostras de amendoim analisadas pelo Inmetro foram consideradas não conformes, por apresentarem contaminação por aflatoxina acima do limite permitido pelo Ministério da Saúde.


Para saber mais:


www.micotoxinas.com.br



Nenhum comentário: