Pesquisa QC

Pesquisa personalizada

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Seja você o Papai Noel


Participe da campanha dos Correios. Você pode participar de duas maneiras: vá até a Casa do Papai Noel dos Correios, no prédio do Memorial (Praça da Alfândega - Porto Alegre - RS - Brasil) e escolha uma carta. Você escolhe um amiguinho, compra o presente e leva até um posto de arrecadação (basta colocar o código da carta escolhida no pacote). Os Correios farão a entrega. Você também pode ajudar lendo as cartas: Procure a Diretoria Regional dos Correios (51) 3220-8461. Em 2010, foram estabelecidas parcerias com escolas públicas, creches e/ou abrigos que atendem crianças em situação de vulnerabilidade social. Desta forma, a campanha alinha-se a um dos Objetivos do Milênio estabelecidos pela Organização das Nações Unidas (ONU), denominado "Educação básica de qualidade para todos". A campanha terá por objetivo responder às cartinhas das crianças em situação de vulnerabilidade social que escrevem ao Papai Noel e também estimular a redação de cartas manuscritas, além do uso correto do Código de Endereçamento Postal (CEP) e do selo postal. 



domingo, 21 de novembro de 2010

Seres Dimensionais



Estou envolto a sensações extra-sensoriais captando mensagens intuitivas sobre o fato de que não somos seres apenas como imaginamos vivendo unicamente atividades cotidianas, e os problemas e prazeres terrenos. Somos, verdadeiramente, seres dimensionais, coexistimos em realidades paralelas, em múltiplas dimensões e concomitantemente. É chegado o tempo de expandirmos as nossas consciências e desapegarmos da realidade tridimensional  como se ela fosse a única. É momento histórico de rompermos  com teses espirituais obsoletas, que foram edificadas sobre a égide do medo e da premiação futura. O medo somente aprisiona, escraviza e acaba não permitindo o crescimento do espírito, que se dá, integralmente, quando vivemos a plena liberdade, sem medo. Também não existe o futuro, não há como se falar em paraíso após a morte (prêmio futuro), já que, ao desencarnarmos, continuaremos a viver em outras dimensões, tal como já o fazemos agora, na dimensão terrena e em outras. Naquele momento, tal como acontece agora, estaremos “experienciando” a felicidade de acordo com o grau espiritual alcançado e buscando, de forma contínua, o progresso do espírito. Há que se dizer, também, que  não há o futuro idealizado pelas doutrinas religiosas, vivemos somente o agora, nesta e em outras dimensões e, por isso, é preciso ver amplamente, com olhos do espírito. É fundamental viver o amor incondicional aqui e nas demais dimensões e se deliciar pelos paraísos conquistados por nós, aqui e lá, fruto do amor integral por nós mesmos e por todos os seres e por tudo que existe. O paraíso é a felicidade íntima que o ser dimensional sente internamente em todos os lugares, em todas as dimensões em que se vive de forma paralela. É tempo de ver a cortina da ilusão se desfazer definitivamente e poder, enfim, vermo-nos como efetivamente somos, despertando-nos para a consciência de que somos seres dimensionais vivendo em mundos paralelos, neste instante e sempre.

Poesia de Moacir Sader  – (outubro/2009)

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

O Morro Santa Tereza É Nosso




O Morro Santa Teresa permanece propriedade do povo gaúcho graças à importante vitória que evitou a entrega desse belíssimo patrimônio público à especulação imobiliária. Agora precisamos garantir que esse morro maravilhoso, riqueza de fauna e flora, no meio da cidade de Porto Alegre, com uma vista deslumbrante do estuário e da cidade, se transforme num parque público. Se você quiser ajudar, assine a carta de intenções no site:

http://www.omorroenosso.com.br.

Na área de 74,5 ha, igual a dois Parques da Redenção, 23 ha são mata nativa, dividida em mata ciliar na beira de córregos e nascentes e mata de encosta de morro. Tudo Área de Preservação Permanente - APP. Segundo laudo pericial da Fundação Zoobotânica, há treze espécies da flora do Rio Grande do Sul ameaçadas de extinção, três em perigo e dez na categoria vulnerável, além de fontes e um curso d’água. É o paradeiro dos papagaios e caturritas que sobrevoam os nossos bairros. Se encontram prédios construídos no século XVIII. Um deles, construído em 1869 no estilo neoclássico, foi transformado na época em convento e, hoje, em espaço para convivência dos adolescentes infratores. Outro, que foi residência de veraneio de Dom Pedro II, é hoje o Asilo Padre Cacique. Tem uma enorme Saibreira, cobertura vegetal que mistura argila e areia. Essa superfície, que mantém o Morro Santa Teresa de pé, foi um dia usada para calçar o bairro Menino Deus. Há seis vilas que fazem parte do Santa Teresa. São elas Santa Rita, Figueira, União Santa Tereza, Ecológica, Gaúcha e Padre Cacique. O total de moradores dessas comunidades chega a 10 mil pessoas.

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Tábua de carne e utensílios de madeira




Estudos demonstraram que os microrganismos se fixam na superfície da madeira, principalmente nas ranhuras e é muito difícil retirá-los no enxágüe. Uma vez fixadas, as bactérias sobrevivem ali, em uma fase dormente, por longos períodos de tempo. Quando a tábua de madeira ou utensílio (colher de pau, por exemplo) for novamente usada, essas bactérias podem contaminar outros alimentos, causando potencialmente doenças veiculadas por alimentos. Por isso, se a sua tábua de carne é feita de madeira, livre-se dela. Prefira as de polietileno ou de vidro, que além de mais higiênicas são fáceis de limpar. Os microrganismos presentes em tábuas plásticas são eliminados pela lavagem. Não use palha de aço ou produtos abrasivos. Use uma mistura de água, detergente e álcool e periodicamente coloque-as em solução clorada. Quando estiver gasta troque por uma nova. O ideal é utilizar uma para cada tipo de alimento, sendo uma para carnes, um para hortaliças e uma para legumes. Nas cozinhas mais elaboradas já encontramos três cores de tábuas distintas para facilitar a identificação. Mas para quem não pretende seguir esta regra, tenha ao menos duas unidades, uma para carnes e outra para os outros alimentos.



domingo, 7 de novembro de 2010

Princípio do Vazio





Tens o hábito de juntar objetos inúteis acreditando que um dia (não sabes quando) vais necessitar deles? Tens o hábito de juntar dinheiro sem gastá-lo, pois imaginas que ele poderá faltar no futuro? Tens o hábito de guardar roupas, sapatos, móveis, utensílios domésticos e outras coisas que já não usas há muito tempo? E dentro de ti?... Tens o hábito de guardar raivas, ressentimentos, tristezas, medos e outros sentimentos negativos? Não faças isso! Vai contra atua prosperidade! É preciso deixar um espaço, um vazio para que novas coisas cheguem à tua vida. É preciso se desfazer do inútil que há em ti e em tua vida para que a prosperidade possa acontecer. A força deste vazio é que atrairá e absorverá tudo o que desejas. Se acumulares objetos e sentimentos velhos e inúteis não terás espaço para novas oportunidades. Os bens necessitam circular. Limpe as gavetas, os armários, o depósito, a garagem… A mente… Doe tudo aquilo que já não usas… A atitude de guardar um monte de coisas inúteis só acorrenta a tua vida. Não são só os objetos guardados que paralisam a tua vida. Eis o significado da atitude de guardar: quando se guarda, se considera a possibilidade de falta, de carência… Acredita-se que, amanhã, poderá faltar e que não haverá maneira de suprir as necessidades… Com esse pensamento, estás enviando duas mensagens ao teu cérebro e à tua vida: A de que não confias no amanhã. E que o novo e o melhor NÃO são para ti… Por isso te alegras guardando coisas velhas e inúteis! Até o que já perdeu a cor e o brilho... Deixa entrar o novo em tua casa… E dentro de ti… Por isso, depois de ler esta mensagem, não a guardes somente para você... Comparti-lhe para que a prosperidade e a paz cheguem a ti. Boa sorte!


Autor: Joseph Newton



sexta-feira, 5 de novembro de 2010





“Os homens se julgam livres por terem consciência das suas escolhas mas, ignoram as causas pelas quais são determinados a escolher."

(Spinoza)



segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Salve Vidas: Limpe Suas Mãos (OMS)


A prática de lavar as mãos com água e sabão evita muitas doenças. Vírus, fungos e bactérias estão sempre presentes. A simples medida de lavar as mãos evita a propagação de infecções e poderia acabar com a mortalidade infantil por diarréia. Caso não seja possível lavar as mãos, recomenda-se o uso do álcool gel. Procure lavar as mãos após ir ao banheiro ou mexer em dinheiro, antes da refeição, quando chegar em casa, e, em tempos de gripe, após tossir ou espirrar. Como lavar as mãos: molhe as mãos com água; coloque sabão nas mãos; esfregue bem as palmas e o dorso das mãos; esfregue os dedos entrelaçados; limpe os polegares com a palma da mão; enxugue as mãos com toalha descartável e feche a torneira com o mesmo papel.


sábado, 30 de outubro de 2010

Superbactéria Klebsiella Pneumoniae Carbapenemase




Para combatermos a superbactéria KPC é preciso da colaboração de todos. Assim como no combate à dengue e à gripe A. Evitar a automedicação e lavar bem as mãos ao visitar hospitais são medidas simples que podem fazer a diferença. A ação conjunta de equipes hospitalares, familiares, pacientes e amigos pode evitar a disseminação desta bactéria.



quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Poluição Interior



Muito se fala sobre a poluição do Meio Ambiente. Mas você já pensou sobre a sua “poluição interna”? Os produtos químicos ajudam muito em nosso dia-a-dia, impulsionam a nossa vida e até salvam vidas. Mas o fato de estarem presente por todo lugar e por desconhecermos os efeitos da maioria deles é preocupante. Inúmeras substâncias químicas podem ser ingeridas juntamente com alimentos e bebidas, com o ar que respiramos e por meio de produtos que entram em contato com a pele. Eles incluem substâncias químicas como o DDT e as bifenilas policloradas (PCBs, polychlorinated biphenyls); poluentes, como chumbo, mercúrio e dioxinas; pesticidas mais recentes; ingredientes de plástico; e os compostos quase milagrosos que nos espreitam a vida moderna, como xampus cheirosos, panelas antiaderentes e tecidos resistentes à água e ao fogo. Os compostos absorvidos pelo corpo se acumulam e permanecem por vários anos. Os temores sobre os seus efeitos estão crescendo. Já foram encontrados em níveis elevados no sangue humano. Os bebês que engatinham pelo chão apresentam uma dosagem especialmente elevada. Em algumas destas substâncias os riscos superam os benefícios à saúde humana. Elas podem prejudicar as células humanas, afetar o funcionamento da tireóide, provocar defeitos congênitos, prejudicar as funções hepáticas, aumentar o teor de gordura no sangue e provocar câncer, causar problemas reprodutivos e neurológicos. São encontradas em todo o planeta: em ursos-brancos no Ártico, cormorões na Inglaterra e orcas no Pacífico. Está ocorrendo um aumento exponencial em pessoas e animais, com os níveis dobrando em intervalos de três a cinco anos. O fundamental é conhecermos mais a respeito dessas substâncias para não sermos surpreendidos por riscos inesperados.

Para saber mais: http://nationalgeographic.abril.uol.com.br/ngbonline/edicoes/0610/toxic.shtml

sábado, 23 de outubro de 2010

Delegacia On Line

Aliando a informação à inteligência artificial (uso dos computadores e internet), a Polícia Civil disponibiliza à comunidade gaúcha o portal da Delegacia online.

Utilizando o portal, você pode registrar ocorrências policiais de acidentes de trânsito com danos materiais, e perda e/ou furto de documentos e/ou telefone celular, sem precisar deslocar-se até uma Delegacia de Polícia. Ao registrar a ocorrência, você é informado pelo seu correio eletrônico sobre o andamento da ocorrência. Para isto, é necessário preencher o seu endereço de e-mail quando do registro.

www.delegaciaonline.rs.gov.br

Denúncias: http://www.pc.rs.gov.br/deic_procurados/index.htm


terça-feira, 6 de abril de 2010

terça-feira, 26 de janeiro de 2010

Coleta de Medicamentos Vencidos



A rede de farmácias PANVEL, em parceria com a UFRGS e a PUC começou a recolher medicamentos vencidos e providenciar seu descarte de forma correta (empresa Pró-Ambiente). O Programa Destino Certo vai auxiliar a população a dar o destino correto a esses produtos, sem poluir o ambiente ou gerar riscos à saúde. Quando jogados no lixo comum, os medicamentos vencidos podem contaminar a água e o solo. Se tomados, podem fazer mal à saúde, levando à intoxicação.

Para saber mais sobre medicamentos, veja a postagem: 'Uso Racional de Medicamentos".