Pesquisa QC

Pesquisa personalizada

quinta-feira, 30 de julho de 2009

A Palavra Mais Importante





As seis palavras mais importantes:

“Admito que o erro foi meu”

As cinco palavras mais importantes:

“Você fez um bom trabalho”

As quatro palavras mais importantes:

“Qual a sua opinião?”

As três palavras mais importantes:

“Faça o favor”

A palavra mais importante:

NÓS

A palavra menos importante:

EU


(Autor desconhecido)

sábado, 25 de julho de 2009

Gripe A (H1N1) - Medidas de Proteção e Prevenção



Evite o contato próximo com pessoas gripadas - Procure não estar na presença de pessoas com gripe. Se ficar doente, mantenha-se afastado dos outros, pelo menos a 1 metro de distância, para protegê-los de adoecer também. De preferência, mantenha-se afastado de aglomerações de pessoas (festas, ônibus, etc.) Se ficar doente, permaneça em casa - Se estiver com sintomas de gripe, fique em casa durante sete dias ou até desaparecer os sintomas, de forma a proteger-se e evitar o contágio a outras pessoas. Se necessário, procure seu médico ou vá a um posto de saúde (não corra para os hospitais a qualquer sintoma). Não espere mais de 48 horas para procurar atendimento e não recorra à automedicação. Se não estiver com os sintomas, não vá ao hospital para evitar a contaminação. Se tossir ou espirrar, cubra a boca e o nariz com um lenço de papel - Para impedir que outras pessoas venham a adoecer, é muito importante, quando tossir ou espirrar, que cubra a boca e o nariz com um lenço de papel ou com o antebraço, mas nunca com a mão. Após utilizar o lenço, deposite-o no lixo imediatamente. Lave as mãos frequentemente com água e sabão (inclusive entre os dedos)- É fundamental lavar as mãos com frequência, com água e sabão em abundância, durante 20 segundos, pelo menos, em particular depois de tossir ou espirrar (Pode ser utilizado produto à base de álcool. Se utilizar gel, esfregue as mãos até secar). Também depois de sair do ônibus, do elevador, depois de tocar em maçanetas de portas, torneiras, etc. Evite o contato das mãos com os olhos, nariz e boca - Procure não tocar nos olhos, nariz e boca sem ter lavado as mãos, porque o contato destas com superfícies ou objetos contaminados é uma forma frequente de transmissão da doença. Limpe frequentemente as superfícies ou objetos mais sujeitos ao contato com as mãos - É necessário manter limpas, com um produto de limpeza comum, as superfícies sujeitas a contato manual muito frequente, tais como mesas de trabalho, vidros de guichês, e maçanetas das portas. Utilização de máscaras de proteção - O uso de máscaras por pessoas doentes com sintomas de gripe pode ajudar a reduzir o risco de contágio (não é aconselhado o uso indiscriminado). Não compartilhe objetos de uso pessoal - como copos, pratos e talheres. Procure não tocar em superfícies que possam estar contaminadas - como recipiente de água benta da Igreja, maçanetas de portas, teclados de computadores, etc. Alimente-se bem e mantenha-se hidratado. Mantenha os ambientes arejados.

terça-feira, 21 de julho de 2009

O Etno-Conhecimento

O etno-conhecimento pode ser traduzido de maneira simplificada como sabedoria popular. Os chás que as avós preparam quando estamos doentes é um tipo de conhecimento adquirido ao longo das gerações, assim como todo o conhecimento que as nações indígenas brasileiras adquiriram sobre o ritmo da natureza, o ciclo de reprodução dos animais, o uso de plantas medicinais, o manejo de determinadas espécies da fauna e flora para uso na habitação e alimentação, etc. No Brasil, o etno-conhecimento está enraizado em toda a sociedade e fortemente relacionado com a própria formação do povo brasileiro. Esta forma de conhecimento está sendo ameaçada sob vários aspectos: o primeiro deles refere-se a extinção dessas populações tradicionais, impedindo a perpetuação e a transmissão do conhecimento através das gerações. O segundo está relacionado ao fato do conhecimento científico e das tecnologias se sobreporem ao conhecimento tradicional, ao invés de trabalhar em parcerias, aproveitando o conhecimento adquirido por culturas muitas vezes milenares. A terceira forma, a mais grave e prejudicial do ponto de vista ambiental, ético e econômico, é a biopirataria.

domingo, 19 de julho de 2009

Biopirataria

A Biopirataria consiste na apropriação indébita de material vivo, muitas vezes se aproveitando da sabedoria dos povos tradicionais sobre o uso de plantas, animais e localização da biodiversidade com a finalidade de explorá-los comercialmente, sem que a população local ou mesmo o país de origem do produto tenha algum direito sobre ele ou algum benefício financeiro. Em muitos casos, grandes indústrias farmacêuticas financiam o tráfego ilegal de animais silvestres, ou mesmo montam verdadeiros laboratórios em meio às selvas brasileiras, onde princípios bioativos da fauna e flora brasileira são descobertos, levados para o exterior e patenteados por grandes corporações que os revendem ao país de origem como remédios. Exemplos de biopirataria: açaí, chocolate de cupuaçu, chás de quebra-pedra, venenos de sapos e serpentes, pássaros, etc.


quinta-feira, 16 de julho de 2009


Não devemos permitir que alguém saia da nossa presença sem se sentir melhor e mais feliz”.

Madre Teresa de Calcutá

segunda-feira, 13 de julho de 2009

Ar de Interiores

A poluição dentro de casa pode até ser pior do que a da rua. Tanto compostos físicos e químicos, quanto partículas em suspensão no ar de fora, são capazes de fazer bastante estrago. Os maiores afetados são crianças, idosos e portadores de doenças respiratórias, mais suscetíveis a esses agentes irritantes. Permitir a livre circulação do ar ajuda, mas não basta. O melhor é evitar ao máximo as substâncias químicas que não raro causam reações instantâneas, como irritação na garganta, dor de cabeça e mal-estar generalizado. Produtos químicos vendidos nas ruas são clandestinos e alguns são venenosos. A lavagem de roupas a seco pode causar irritação nos olhos e nas vias aéreas por causa dos resíduos de hidrocarbonetos alogenados (antes de usá-las ou guardá-las, pendura-as em local ventilado e deixe-as ali de um dia para o outro). A eficácia de purificadores de ar não está comprovada, de qualquer forma devemos cuidar da limpeza de casa. Os desumidificadores ajudam a reduzir os microorganismos, que proliferam em ambientes úmidos. Lembre-se de limpar os filtros de ar-condicionado com água e sabão neutro a cada seis meses. A poeira agride o sistema respiratório principalmente de quem sofre de asma e rinite. Os carpetes devem ser banidos. As cortinas e o ar-condicionado mantidos limpos. Na limpeza de pisos, tapetes e móveis abuse do pano úmido e do aspirador de pó com filtragem de água (a vassoura devolve as partículas para o ar). Para combater os ácaros o sol é a melhor arma. Mantenha sofás, cortinas e travesseiros sempre limpos e de preferência ao colchão com revestimento antialérgico. As manchas de bolor exigem ação imediata, porque os esporos e toxinas liberados são altamente irritantes. Cheiro de mofo é sinal de contaminação. Elimine infiltrações e use revestimentos e tintas especiais. Em áreas pequenas, experimente utilizar uma solução de água sanitária e água em proporções iguais. Espere agir por meia hora, mantenha o ambiente ventilado e remova os fungos com uma escova com cerdas de plástico. Os produtos de limpeza e inseticidas com cheiro forte não são sinônimo de eficiência. Sem contar que a volatização dos compostos é rápida e desencadeia ardor nos olhos e na garganta, além de náusea. Nunca misture fórmulas diferentes. O ácido clorídrico da água sanitária junto com a amônia de certos desinfetantes, por exemplo, resulta em uma substância tóxica, a cloramina. Mantenha o ambiente arejado durante a faxina e afaste-se por duas horas. O mesmo vale para os inseticidas. Já os repelentes elétricos podem ser nocivos a quem é sensível a algum componente da fórmula. Eles devem ficar a dois metros dos moradores e é bom deixar a janela aberta. Os materiais utilizados em reformas, como solventes, cola e tinta fresca, liberam substâncias que agridem o trato respiratório durante dias. Tintas à base de água são menos tóxicas, mas não totalmente inofensivas. O fogão mal regulado libera mais gás do que o necessário, o que gera cúmulo de monóxido de carbono. A chama do gás deve ser azul. Se estiver amarelada, é sinal de sujeira e a queima dela também está produzindo substâncias poluentes. Fumar é péssimo não só para quem acende o cigarro. O fumante passivo pode ter sinusite e traqueobronquite, uma inflamação na traquéia e nos brônquios. Os compostos do tabaco agridem a mucosa que reveste o sistema respiratório. A madeira que alimenta o fogo da lareira também libera compostos nocivos. A limpeza da tubulação das chaminés deve ser feita pelo menos uma vez por ano. Mantenha um mínimo de ventilação para garantir o oxigênio. O mesmo vale para churrasqueiras e fogões a lenha. Cães e gatos – estes, principalmente – espalham pêlos por toda a casa e carregam ácaros de um canto para o outro. Por isso mantenha-os sempre limpos, usando xampus especiais no banho. Não permita que subam em sofás e camas, principalmente as das crianças. Deixar o automóvel funcionando dentro da garagem, faz com que o monóxido de carbono vá direto para dentro de casa. Procure estacionar o veículo com o escapamento para fora.


quinta-feira, 9 de julho de 2009

Distribuição de Renda


As instituições de cartões de crédito, bancos e financeiras, além de outros ramos da economia, dão descontos, prêmios e outras vantagens, principalmente para as pessoas de maior poder aquisitivo, demonstrando uma grande disputa para conquistar estes clientes. Com isto, as pessoas que não tem recursos são as que pagam esta conta, causando um maior desequilibrio na distribuição de renda.

segunda-feira, 6 de julho de 2009

Cuidado com o PC!


Os perigos em relação aos computadores não está só nos criminosos virtuais, no teclado com bactérias, má postura, etc. Muitas pessoas sofrem lesões causadas por tropeços, quedas e batidas. Para evitarmos estes riscos, devemos posicionar bem os equipamentos (vídeo, gabinete, etc.), esconder ao máximo fios e cabos, utilizar móveis adequados e ter cuidado ao transportá-los. Caso você não possa evitar fios colocados no chão, uma boa dica é utilizar fita adesiva para fixá-los. Preste atenção ao se abaixar para tocar no gabinete, para não bater a cabeça. Para evitar choques elétricos, desligue o computador sempre que for mexer no gabinete ou na fonte.

quinta-feira, 2 de julho de 2009

Guardadores de Carro Regularizados (Porto Alegre - RS)


A regulamentação de "flanelinhas" ajuda a retirar das ruas aqueles que somente querem tirar proveito dos motoristas. Os guardadores regulares podem ajudar a Brigada Militar, reduzindo roubos e furtos de carros. Estes não podem cobrar o que bem entendem. Interessados em regulamentar a atividade devem ir à Cooperativa de Auxílio Amplo, na avenida Farrapos, 334, com carteira de trabalho, duas fotos, RG, CPF, título eleitoral e comprovantes das duas últimas eleições, além de folha de antecedentes. Maiores informações pelo fone: (51) 3286-3578.
Fonte: Correio do Povo, 01/07/2009.