Pesquisa QC

Pesquisa personalizada

terça-feira, 23 de setembro de 2008

Bactérias no limão

Uma microbiologista de New Jersey, nos Estados Unidos, analisou o limão servido em 21 restaurantes. E sete em cada dez fatias de limão estavam contaminadas por 25 tipos de bactérias - inclusive por coliformes fecais, que são aqueles germes encontrados nas fezes. No limão podem aparecer também bactérias de saliva e de secreção do nariz, que podem causar uma série de doenças: nos olhos, nariz, garganta, ouvido e também intoxicações alimentares. Para limpar é preciso apenas usar água sanitária. Mas antes, deixe o limão e a laranja na geladeira por duas horas. Não lave as frutas em temperatura ambiente. “Se você colocar numa água na mesma temperatura, o limão vai absorver a água. E se tiver uma contaminação, ela vai para dentro dele”, explica o Dr. Bactéria. Depois de resfriadas, lave as frutas e mergulhe-as numa bacia de água. Para cada litro, acrescente uma colher de sopa de água sanitária, no máximo, durante cinco minutos. Depois é só enxaguar bem. Limpe, com a mesma solução, a faca e a tábua de plástico. Finalmente, guarde o limão e a laranja na geladeira, que é para as bactérias não crescerem. “Procure saber se o local que você freqüenta higieniza corretamente tanto a laranja quanto o limão. São cuidados como esses que vão garantir uma refeição sem bactérias”, aconselha o Dr. Bactéria.
Fonte: http://www.drbacteria.globolog.com.br/

Nenhum comentário: